30 mar, 2017
Mosquitos capturados por armadilhas não são transmissores da febre amarela

dengueRedes estão sendo colocadas no bairro da Gruta; confirmação sobre espécies será dada apenas após análise em laboratório

 Por Pedro Ferro | Portal Gazetaweb.com   
FOTO: Ruana Padilha

Técnicos da Sesau montam armadilha para capturar mosquitos

Vários mosquitos de diferentes espécies já foram capturados pelos técnicos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) desde essa quarta-feira (29), quando foi iniciada a montagem de armadilhas em uma região de mata situada na Gruta de Lourdes, em Maceió. Destes, nenhum foi identificado como sendo o Haemagogus, transmissor da febre amarela silvestre.

Segundo o biólogo do Centro de Zoonoses de Maceió, Fernando Rocha, vários mosquitos foram capturados, mas ainda não chegaram a ser analisados em laboratório. A olho nu, não há nenhum transmissor da febre amarela. “A gente só saberá se há algum exemplar da espécie que transmite a doença após os três dias de captura e o início das análises na semana que vem. Mesmo assim, nenhuma espécie, visualmente, foi identificada como transmissora da doença”, explicou.

As redes que fazem a captura dos mosquitos começaram a ser instaladas ontem, na Gruta – bairro onde um macaco foi encontrado morto em setembro do ano passado. A causa da morte do animal foi confirmada pela Secretaria de Saúde como sendo a febre amarela.

Nesta quinta-feira, um caseiro de um sítio que fica em um condomínio na Gruta informou que o filho dele encontrou outro sagui morto na semana passada, próximo à residências. O bicho foi enterrado no local e não foi entregue para análise por desconhecimento por parte do trabalhador.

“Não acredito que tenha sido por febre amarela. Ele pode ter caído e não aguentado o impacto, já que não parecia ser um adulto”, expôs José Cláudio.

PARCERIA

De acordo com a assessoria do Instituto do Meio Ambiente (IMA), um trabalho realizado em parceria entre o órgão, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Sesau está fazendo a retirada de material biológico de animais que estão com suspeita de febre amarela e de outras zoonoses e de outros que morreram nos últimos dias.

“Não se trata apenas da febre amarela, mas de outras zoonoses. Estão sendo realizados os exames nos animais que morreram e nos que estão doentes para saber se estes possuem qualquer tipo de doenças, inclusive, a febre amarela”, informou a assessoria de comunicação do IMA.

Nesta sexta-feira, os técnicos da área da saúde vão concluir o trabalho de captura dos mosquitos na região da Gruta, para análise que terminará na próxima semana.

Leave a comment

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>