26 mai, 2017
Denúncia espanhola envolve Ricardo Teixeira e cita Marin e Del Nero

Procuradores acusam Ricardo Teixeira de pertencer a uma organização criminosa internacional

 TNM/Por Globoesporte.com/Vicente Seda    

José Maria Marin e Del Nero têm nomes citados em denúncia

FOTO: BRUNO DOMINGOS/MOWA PRESS

A Globoesporte.com teve acesso à peça de acusação que levou à prisão de Sandro Rossell e que implica também Ricardo Teixeira. O ex-presidente da CBF é acusado de fazer parte de uma “organização criminal transnacional” e de “lavar dinheiro proveniente de comissões ilícitas”. Os documentos também citam Marco Polo del Nero, atual presidente da CBF, e José Maria Marín, ex-presidente da CBF e que está em prisão domiciliar em Nova York. A alegação é de que ambos teriam recebido propina da Klefer, empresa do ex-presidente do Flamengo, Kléber Leite.

Sobre Ricardo Teixeira, a acusação diz que ele e Rossel, além de mais cinco pessoas, formaram uma organização para arrecadar e lavar dinheiro da venda de direitos sobre a seleção de futebol do Brasil.

“Seção de Investigação Patrimonial da UDEF identificou Alexandre Rosell Feliu, Marta Pineda Mínguez, Joan Besolí Ribalta, Ricardo Terra Teixeira, Shane Ohannessian, Pedro Andrés Ramos Gonzalez e José Colome Esteruelas, os quais formavam parte de uma organização criminal com âmbito transnacional, a qual se dedicou a lavar dinheiro proveniente de comissões ilícitas, derivadas da venda, por parte de Ricardo Terra Teixeira (representando a Confederação Brasileira de Futebol), dos direitos sobre a seleção de futebol do seu país para uma mercantil árabe com sede nas Ilhas Caymã, cuja denominação social é International Sports Events (ISE). Tudo feito através de um emaranhado de sociedades e contas principalmente no Principado de Andorra”.

A denúncia da procuradoria afirma que há uma conversa gravada em abril entre Teixeira e Rosell, sobre como escapar dos investigadores americanos:

“Igualmente, através das conversas telefônicas interceptadas (conversação mantida entre Rosell e Terra Teixeira às 22h02 do dia 16/04/2017) foi possível constatar a facilidade de Rosell para obter favores em países fora da União Europeia e Estados Unidos, que permitam sua entrada nos mesmos ou das pessoas que mostre interesse, como no caso de Terra Teixeira, com a garantia de que não serão detidos e entregues em caso de solicitação de extradição”.

Também são mencionados cartões de crédito disponíveis para Teixeira e sua mulher, e alimentados com dinheiro da Uptrend de Rosell:

“Foi possível tomar conhecimento que, Teixeira e sua então mulher, chegara até a dispor de cartões Visa Platinum, sobre uma conta alimentada com dinheiro da Uptrend”.

O GloboEsporte.com vem tentando contato com o advogado de Ricardo Teixeira, Michel Asseff Filho, há dois dias, sem sucesso. Nesta quinta-feira, o advogado da Klefer, Rafael Mattos, pediu tempo para verificar as informações da Procuradoria e poder se pronunciar.

Marín e Del Nero são citados, ao lado de Ricardo Teixeira, como beneficiários de propinas pagas para obtenção de direitos de transmissão e marketing da Copa do Brasil de 2013, conforme o trecho abaixo.

“Klefer havia assinado um contrato no ano de 2011 com a CBF, cujos pagamentos estariam relacionados ao pagamento de supostas comissões ilegais para obtenção de direitos de transmissão e marketing da Copa do Brasil de 2013, para que esses direitos fossem para outra sociedade. Essas comissões iriam para (Ricardo) Teixeira, José Maria Marín e Marco Polo del Nero”.

Este episódio já foi citado na investigação do FBI que levou diversos dirigentes da FIFA à prisão em 2015 (incluindo o próprio Marin, que até hoje segue em prisão domiciliar nos EUA).

A CBF se pronunciou sobre o caso através da assessoria de imprensa. Veja abaixo:

“O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, repudia com veemência as acusações apresentadas na reportagem. As ilações, que fariam parte de investigação da justiça espanhola à qual a CBF não teve acesso, são falsas e não tem qualquer fundamento. Nem mesmo o texto, atribuído à Procuradoria Espanhola, acusa o presidente da CBF de qualquer prática irregular”.

Leave a comment

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>