10 out, 2017
MPF denuncia Cabral, Sérgio Côrtes, “Rei Arthur” e mais cinco

O Ministério Público Federal denunciou nesta terça-feira (10) o ex-governador Sérgio Cabral, o ex-secretário de Saúde Sérgio Côrtes, MPF denuncia Cabral, Sérgio Côrtes, "Rei Arthur" e mais ...o empresário Arthur Soares, conhecido como “Rei Arthur” – que está foragido e é procurado pela Interpol -, e mais cinco pessoas. A denúncia é do último domingo (8).

Jornal do Brasil

Além de intermediar a compra de votos dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio, “Rei Arthur” é acusado de pagar US$ 10 milhões ao ex-governador do Rio para receber benefícios em contratos de sua empresa. O ex-secretário de Saúde da gestão Cabral também é acusado de receber propinas para beneficiar empresas de Arthur no setor.

Ex-governador está preso desde novembro do ano passado
Ex-governador está preso desde novembro do ano passado

Na denúncia, também constam como acusados os irmãos Renato e Marcelo Chebar, delatores que atuaram como doleiros de Cabral, o operador financeiro do ex-governador Carlos Miranda, a sócia de Rei Arthur, Elaine Pereira Cavalcante, além de Enrico Vieira Machado e Leonardo Aranha.

Os irmãos Chebar teriam realizado as transferências do dinheiro para o exterior, enquanto Carlos Miranda teria atuado no recebimento dos pagamentos e Elaine seria o braço-direito de Arthur. As transferências, segundo o MPF, foram facilitadas por Enrico e Leonardo por meio da empresa EVG, que tem sede no paraíso fiscal de Antígua e Barbuda.

>> Alvo de investigações internacionais, Rei Arthur vive exílio de luxo em Miami

>> MPF pede bloqueio de R$ 1 bilhão de Nuzman, “Rei Arthur” e sua ex-sócia

>> No reinado do Rei Arthur

Leave a comment

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>