5 mar, 2018
Estado inaugura 26 novos leitos na Maternidade Santa Mônica

Recursos foram 100% do Estado, assim como o custeio nos primeiros meses, até que sejam cadastrados no SUS

TNM/Por Thiago Gomes e Larissa Bastos   
FOTO: larissa bastos

Estado inaugura 26 novos leitos na Maternidade Santa Mônica

Durante solenidade, na manhã desta segunda-feira (05), o governador Renan Filho inaugurou 26 novos leitos na Maternidade Escola Santa Mônica. A abertura das vagas era uma demanda antiga e que foi parar na Justiça Federal. Recentemente, foi expedida uma ordem para que os leitos fossem abertos no prazo de 45 dias.

Para garantir a inauguração, Renan Filho disse que foi necessário comprar novos equipamentos e contratar profissionais para alcançar a demanda. “Hoje estamos entregando esses leitos à sociedade. É bom as instituições funcionarem porque elas se ajudam, se equilibram. O fato é que é o governo do Estado que faz os investimentos, as contratações, cuida das mães e entrega hoje os leitos”, avalia o governador.

Ele disse que os leitos já estão funcionando. “Hoje, eles só estão sendo abertos de maneira solene. “Esses leitos já estão funcionando para a sociedade alagoana. Colocamos as coisas para funcionar antes de lançamentos e inaugurações, porque não tinha sentido estarmos aqui hoje e os leitos não estarem funcionando”, completa.

Os recursos foram 100% do Estado, assim como o custeio nos primeiros meses, até que sejam cadastrados no SUS.

Ele citou as melhorias feitas na unidade. “A Santa Mônica de hoje é três vezes maior do que anteriormente. Isso significa menos gente na fila e mais atendimento”.

Renan falou também sobre o projeto Ponte, que será lançado no dia 7 de março. “Estamos evoluindo o projeto, que significa fazer funcionar melhor o que existe, construir uma ponte entre o que existe e os novos equipamentos e construir os novos hospitais. Com isso, Alagoas fecha um ciclo e com esses novos leitos vamos aumentar a capacidade resolutiva do HGE”, explica.

E emenda: “Por exemplo, um cidadão vai para o HGE, é estabilizado e por meio do transporte sanitário de pacientes,transferimos Ele vai para outro hospital, onde ele vai se recuperar, liberando o leito do HGE para outra pessoa de situação de urgência. Isso é importante enquanto construímos novos hospitais”.

Leave a comment

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>