O senador Renan Calheiros (MDB) utilizou suas redes sociais para manifestar apoio ao ex- presidente Lula, após a decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitar o pedido de um habeas corpus, pedido por sua defesa no intuito de evitar sua prisão.

Renan disse que o país será atirado “na mais insana crise institucional”, caso Lula seja preso sem trânsito em julgado no Supremo Tribunal Federal (STF).  Calheiros aproveitou para afirmar que a omissão dos chefes do Legislativo “encolheu o Congresso Nacional”.- “O Michel encolheu”, salientou o senador.

Segundo o Renan, o STF não pode deixar de exercer seu papel institucional fundamental, pois se outro realizar essa função haverá prejuízos para a democracia do país.

Vale ressaltar que única chance de Lula escapar da prisão é obter uma decisão favorável do STF, que é a quarta e última instância da Justiça. Caso seja preso antes, a defesa do ex-presidente ainda poderá apresentar outro habeas corpus à Corte.