7 nov, 2018
‘Tremendo sucesso’, diz Trump após eleição de meio de mandato nos EUA
U.S. President Donald Trump smiles while hosting a working lunch with African leaders during the U.N. General Assembly in New York, U.S., September 20, 2017. REUTERS/Kevin Lamarque

 President Donald Trump

Partido do presidente perdeu maioria na Câmara e manteve maioria no Senado

 TNM/Por Gazetaweb, com G1 | Portal Gazetaweb.com   
FOTO: AP Photo/Susan Walsh

Trump celebrou resultado nas urnas nas eleições de meio de mandato nos Estados Unidos

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira (7) que as eleições de meio de mandato foram um “tremendo sucesso”. O comentário foi feito no Twitter, horas depois do fechamento das urnas, antes mesmo da apuração oficial terminar e mostrar que os republicanos mantiveram a maioria no Senado, mas perderam a maioria da Câmara dos Representantes para os democratas.

Em outro comentário, Trump voltou a atacar a impensa americana, dizendo que a “grande vitória” aconteceu sob pressão “de uma mídia desagradável e hostil”.

O presidente dos EUA também afirmou que ter recebido cumprimentos de outros países interessados em acordos comerciais. “Agora nós podemos voltar ao trabalho e fazer as coisas!”, escreveu.

O resultado da eleição foi uma derrota parcial para o governo Trump, já que o Partido Democrata, que faz oposição a ele, ganhou maioria na Câmara. Mas no Senado, o Partido Republicano, do presidente, manteve a maioria das cadeiras.

As “midterms”, eleições de meio de mandato, são consideradas umas espécie de plebiscito sobre o governo. Até agora, os republicanos mantinham maioria nas duas casas, o que facilitava a aprovação da agenda presidencial.

Todas as 435 cadeiras da Câmara estavam em disputa, e um partido precisava de 218 eleitos para garantir a maioria. Para os democratas, isso significava ter que “roubar” 24 postos de seus adversários, o que eles conseguiram. No momento em que os democratas conseguiram 219 assentos, o Partido Republicano somava 193 deputados eleitos.

Com o domínio democrata na Câmara, os opositores de Trump também passarão a ocupar mais cargos nas comissões internas e prometem ampliar as investigações sobre seu governo.

Leave a comment

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>