2 out, 2019
Por que Lula reage?

Blog do Bob

Resultado de imagem para FOTOS do lula

Brasília – Condenado sem as provas do crime, a sentença que levou o ex-presidente Lula à prisão é uma aberração jurídica.

Mais grave ainda, porque baseada na teoria nazista do “domínio do fato”, que não se aplica no Direito Penal. Isso, sem levar em conta que o processo não deveria ser julgado pelo então juiz Sérgio Moro, porque não estava relacionado à Operação Lava Jato.

O triplex do Guarujá, a prova falsa usada para condenar o Lula, foi vendido num leilão para um empresário de Brasília, que é primo do líder tucano Geraldo Alckmin, para saldar divida da OAS Construtora com fornecedores.

Como assim? Pois é, como alguém pode ser condenado como dono de um imóvel que de fato e de direito não lhe pertence?

E a prova usada por Moro, para exibir o comprovante da propriedade do imóvel ao Lula, é um documento falso emitido por uma empresa de Curitiba. Foi tudo uma grosseira armação, que se dilui agora desmoralizando a justiça e seus operadores.

É por isso que o ex-presidente Lula reluta em aceitar o benefício de ir para o regime semi-aberto.

A farsa do processo contra o Lula apequenou o judiciário, porque mostrou que também pode condenar sem as provas do crime.

Lula reluta em aceitar o benefício, porque mantém o seu discurso, ou seja, permanece pedindo as provas dos crimes que Moro lhe atribui.

E o Moro não tinha as provas, assim como a Operação Lava Jato também não as tem.

Leave a comment

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>