Pacaembu inicia preparação para receber hospital de campanha

Os leitos serão cobertos e refrigerados. A estrutura física deve ficar pronta em dez dias.

Palmeiras levará decisões da base ao Pacaembu (Foto: Bruno Fernandes/Fotoarena/Divulgação Palmeiras)

© Fornecido por Areté Editorial S.A. Palmeiras levará decisões da base ao Pacaembu (Foto: Bruno Fernandes/Fotoarena/Divulgação Palmeiras)

TNM/LANCE!

Um vídeo do Pacaembu em obras começou a circular nas redes sociais na tarde deste domingo. As imagens mostram o início da preparação do estádio para receber um hospital de campanha durante a luta contra a pandemia de coronavírus. O local receberá 200 leitos de baixa complexidade.

Em entrevista coletiva na última sexta-feira, o prefeito Bruno Covas anunciou que o Paulo Machado de Carvalho foi disponibilizado para ser um hospital de campanha, em parceria com um hospital particular no combate de São Paulo para evitar a propagação do novo coronavírus.

– Vamos adaptar esses dois espaços, um deles cedido pelo novo concessionário do Pacaembu, que estará pronto em duas semanas. Já as 1.800 vagas no Anhembi estarão prontas em até três semanas – disse Covas

No estado de São Paulo, onde há o maior número de infectados no Brasil, os quatro grandes clubes ofereceram suas estruturas para as autoridades durante esta crise de saúde que afeta todo o mundo. No restante do país, mais times fizeram o mesmo, veja os exemplos
clicando aqui.

O São Paulo ofereceu todos os seus CTs e o estádio do Morumbi. O Corinthians abriu sua Arena para doação de sangue. A sede social e o CT Joaquim Grava também estão à disposição.

O Palmeiras abriu o Allianz Parque para campanha de vacinação da gripe ’influenza’. Já o Santos cedeu suas instalações à secretaria de Saúde e cogitou que o Salão de Mármore se torne um hospital.

Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: