Governador anuncia pagamento de auxílio alimentação para estudantes do Estado

Em edição extra do Diário Oficial do Estado de Alagoas (DOE), publicada na noite dessa sexta-feira (26), o governador Renan Filho (MDB) autorizou a dispensa de licitação para a contratação direta da Caixa Econômica Federal (CEF) para operacionalização do Programa de Auxílio Alimentação, que beneficiará os estudantes da rede estadual.

Alagoas

Governador Renan Filho está de quarentena em casa para recuperação — Foto: Ruy Baron/Valor

TNM/Redação TNH1 Por Marcio Ferreira / Agência Alagoas

Em edição extra do Diário Oficial do Estado de Alagoas (DOE), publicada na noite dessa sexta-feira (26), o governador Renan Filho (MDB) autorizou a dispensa de licitação para a contratação direta da Caixa Econômica Federal (CEF) para operacionalização do Programa de Auxílio Alimentação, que beneficiará os estudantes da rede estadual. A Secretaria de Estado da Educação vai representar o Estado no contrato.

Renan Filho gravou um vídeo ainda no final da noite para comunicar a decisão e explicar como será feito o procedimento. Apesar de não mencionar o valor do auxílio no vídeo e nem constar no DOE, o governador respondeu o comentário de uma seguidora e informou que o valor será de R$ 50 reais, para 170 mil estudantes, num total superior a 8 milhões de reais. Veja o vídeo e o comentário do governador abaixo.
“Pessoal, estou gravando esse vídeo para conversar com vocês a respeito do auxílio que o governo do Estado vai pagar aos alunos da rede estadual. Duas notícias muito importantes. A primeira é que acabei de publicar em uma edição extra do Diário Oficial do Estado de Alagoas a autorização para o pagamento. Agora nós vamos junto à Caixa Econômica Federal, iniciar o pagamento já na próxima semana”.

“São três as rotinas que serão cumpridas para o pagamento. Os alunos que têm conta poupança já aberta vão receber a partir da próxima semana. Aqueles que ainda não têm conta poupança, procurem a sua escola, seu diretor, seu gerente regional, porque nós vamos abrir junto com a CEF, a conta poupança para esses alunos em nomes dos seus pais. Porque o Estado precisa pagar em nome dos pais dos alunos. E aqueles alunos que são beneficiários do Programa Bolsa Família vão receber junto com o cronograma de pagamento do Bolsa Família”.


Foto: Reprodução / Instagram
“Foi assim que a CEF junto ao governo do Estado estruturou o programa, para que a gente tenha segurança no pagamento, que aqueles que fazem parte da nossa rede recebam e a gente ofereça esse auxílio aos alunos”, anunciou.

Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: