Novo decreto libera a abertura de lojas, salões, barbearias e igrejas em Maceió

Unidade de urgência, HGE tem 90% de leitos exclusivos para Covid ocupados O novo decreto de isolamento social do governo do Estado dá início à reabertura econômica em Alagoas a partir da próxima sexta-feira (3).

Geral 

Alagoas se aproxima dos 36 mil casos confirmados do novo coronavírus
FOTO: Ailton Cruz

Apesar da reabertura, que começa na sexta (3), estabelecimentos em shoppings e galerias permanecem fechados; interior continua na fase vermelha

TNM/Por Rayssa Cavalcante | Portal Gazetaweb.com

MATÉRIAS RELACIONADAS

Unidade de urgência, HGE tem 90% de leitos exclusivos para Covid ocupados
O novo decreto de isolamento social do governo do Estado dá início à reabertura econômica em Alagoas a partir da próxima sexta-feira (3).

Em live no início da noite desta terça (30), o governador Renan Filho informou que a capital alagoana passará para a fase laranja do “Distanciamento Social Controlado”, enquanto o interior continuará na fase vermelha.

O documento estabelece ainda a retomada de lojas de ruas lojas do comércio de rua com até 400 metros quadrados, salões de beleza, barbearias e templos religiosos, com 30% da capacidade total, mas mantém as lojas de shoppings centers e galerias fechadas.

Todos os estabelecimentos autorizados a abrir as portas devem atuar com os critérios de higiene previamente recomendados.

O governador explicou que a decisão de avançar com a abertura em Maceió se dá em razão da consolidação da queda de óbitos e casos confirmados, o que ainda não acontece no interior do Estado. “Vamos precisar de mais uns dias para oferecer no interior o mesmo tratamento que Maceió”, disse.

Quanto a possibilidade de suspensão da reabertura, Renan Filho falou que segue “observando os casos e óbitos a cada momento” e reforçou que a população deve manter o distanciamento social, o uso de máscaras e a higienização das mãos. Além disso, o transporte intermunicipal segue paralisado.

No momento, o secretario da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Alexandre Ayres, aproveitou para ressaltar que a retomada só foi possível no momento em que Alagoas já contabilizava a quantidade de leitos hospitalares suficientes para a sociedade conviver com a pandemia.
“Os próximos passos do governo precisam ainda mais da participação da população. A nossa responsabilidade como cidadão vai ser muito importante.

A gente precisa continuar evitando aglomerações e precisamos continuar usamos máscaras porque os próximos dias serão cruciais para Alagoas”, frisou.

Apesar do novo decreto entrar em vigor já nesta quarta (1º), a liberação dos estabelecimentos citados acima só começa a valer na próxima sexta (3), com o fim do atual decreto municipal, que também estabelece medidas de combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: