Gilmar defende reação a ataques ao STF: ‘Hoje estão atirando fogos, amanhã pode ter bala’

O magistrado disse não ser favorável ao afastamento de Bolsonaro e salientou que torce pela estabilidade institucional.

Gilmar defende reação a ataques ao STF: ‘Hoje estão atirando fogos, amanhã pode ter bala’

Ministro Gilmar Mendes do STF

O magistrado disse não ser favorável ao afastamento de Bolsonaro e salientou que torce pela estabilidade institucional. O ministro conversou com os jornalistas José Paulo de Andrade, Claudio Humberto, Thays Freitas e Pedro Campos, no Jornal Gente.
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: