Sobrinho gay de Malafaia se revolta contra o tio: “Chega!”

Modelo Rodrigo Malafaia manifesta revolta após pastor incentivar boicote de campanha com Thammy
Silas Malafaia faz nova crítica à campanha enquanto Rodrigo Malafaia manifesta apoio à causa LGBTQI+
Silas Malafaia faz nova crítica à campanha enquanto Rodrigo Malafaia manifesta apoio à causa LGBTQI+

Foto: Reprodução

Modelo Rodrigo Malafaia manifesta revolta após pastor incentivar boicote de campanha com Thammy

Jeff Benício

TNM/Por Jeff Benício

A campanha de Dia dos Pais estrelada por Thammy Miranda continua a render polêmica. O boicote proposto pelo pastor Silas Malafaia — sob a alegação de que o transexual filho de Gretchen é uma mulher e não pode representar os pais brasileiros — irritou até mesmo um parente famoso dele, o modelo e influenciador digital Rodrigo Malafaia.

O sobrinho em grau distante do líder evangélico postou um desabafo em seu perfil no Twitter. “Quando que esse homem prestará conta por incitar ódio e intolerância? CHEGA! Nós somos o país que lidera o ranking mundial de assassinatos de transexuais e um homem desse não pode ter voz. #NATURASIM #OrgulhoEmSerLGBTQ.”

No ano passado, em depoimento à revista Veja, Rodrigo disse que sentia orgulho do parentesco quando era criança. Assistia aos cultos do pastor na TV. Depois de se descobrir gay, aos 15 anos, e ser pressionado pela família a renunciar à própria sexualidade, ele mudou sua visão a respeito de Malafaia. Os ataques do pastor contra a comunidade LGBTQI+ o fizeram sentir incômodo de carregar o mesmo sobrenome. “É como uma sombra que paira sobre mim.”

Desde o início da semana, quando Malafaia declarou guerra ideológica contra a Natura, a conta dele no Instagram ganhou mais 300 mil seguidores.

Em vídeo postado na quinta-feira (30), o religioso agradeceu a promoção de sua imagem na mídia. Mostrou inclusive manchetes de veículos do Grupo Globo, ao qual sempre dispara críticas. Em novo ataque ao anúncio com Thammy, a mulher dele, Andressa, e o filho do casal, Bento, Silas Malafaia chamou a campanha de “lixo moral”.

Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: