Buscando manter bom início de temporada, CRB encara o Fortaleza fora de casa pelo Nordestão

No sufoco, CRB garantiu vitória no clássico contra o ASA

Foto: Ailton Cruz

Após vitória em clássico com o ASA, pelo Alagoano, Galo busca hoje mais um triunfo para tentar permanecer 100% na temporada atual

Nesta quarta-feira (3), é a vez de o CRB representar Alagoas e fazer a sua estreia na Copa do Nordeste 2021. O Galo vai visitar o campeão da edição 2019, o Fortaleza. O palco para o embate é o Estádio Castelão, na capital cearense, às 19h30. Este confronto marcará o encerramento da 1ª rodada da competição, na busca por se juntarem aos líderes da rodada inaugural.

Panorama

A temporada 2021 da Copa do Nordeste promete. Em 2020, o Fortaleza acabou caindo na semifinal para o maior rival. Já o CRB nem isso. Foi eliminado ainda na fase de grupos. Enquanto o Leão do Pici ainda se prepara para o seu primeiro jogo da atual temporada, o time da Pajuçara já emplacou

duas vitórias nas partidas que fez pelo Estadual. A primeira, um W.O. contra o Coruripe, e a última foi no sábado (27), vencendo o rival ASA, por 2 a 1. E mesmo que não tenha sido uma atuação glamourosa, o deixou na liderança do Estadual.

Já do lado cearense da história, o Fortaleza começa oficialmente a temporada 2021 nesta partida. Após o sufoco que foi a permanência na 1ª divisão, o técnico Enderson Moreira tenta virar a chave para a nova temporada. Como só estreia no Campeonato Cearense na 2ª fase, o Tricolor tem todo o foco na competição regional.

CRB

O começo de temporada tem sido bom para o técnico Roberto Fernandes. As circunstâncias do Alagoano levaram o Regatas à liderança das duas primeiras rodadas. Agora, pelo Nordestão, terá um páreo duro. Contudo, o professor regatiano ganha reforços na equipe. O principal deles é a volta de Wesley, que renovou com o Alvirrubro e já pode ir à campo.

Com elenco que não mudou muito em relação ao final da última temporada, o CRB aposta no entrosamento e no trabalho de Roberto Fernandes, que recuperou a equipe na reta final da Série B. Até agora, pouca coisa mudou em relação ao time que terminou tão bem na Segundona. O time titular sofreu apenas a perda do lateral Igor Cariús, que acertou com o Atlético-GO.

Roberto Fernandes deve ir com tudo que tem de melhor para tentar surpreender o Leão. Nada muito diferente do que foi o duelo com o ASA. Assim, o provável time é: Edson Mardden; Reginaldo Lopes, Gum, Ewerton Páscoa e Guilherme Romão; Claudinei, Jiménez (Wesley) e Diego Torres; Hyuri, Luidy e Lucão.

CRB treinou no Ninho do Galo antes de viagem para o Ceará — Ascom/CRB

FORTALEZA

A estreia acontece de ambos os lados, mas para o Fortaleza é ainda o primeiro jogo oficial de 2021. Prejudicado pelo final do Brasileiro no último dia 25 (quinta), o Leão teve pouco tempo para se preparar para as competições de 2021. Pouco tempo de treino, tendo jogadores de saída e outros chegando, o Tricolor é uma verdadeira incógnita para a torcida e o técnico Enderson Moreira, mas ele poderá contar com reforços que chegaram após o Brasileiro.

Lucas Crispim (ex-Guarani) e Matheus Vargas (ex-Atlético-GO) já estão no BID e podem ir a campo. O time ainda espera a regularização de Robson (ex-Coritiba), Éderson (ex-Corinthians) e Matheus Jussa (ex-Internacional). As perdas para 2021 foram Bérgson, Roger Carvalho, Ederson, Gabriel Dias e Derley, estes dois últimos estavam presentes no elenco tricolor campeão da Copa do Nordeste 2019.

Ainda no clima de transferências, os possíveis titulares do time cearense são: Felipe Alves; Tinga, Wanderson, Quintero e Bruno Melo (Carlinhos); Felipe e Juninho; Romarinho, Luiz Henrique (Lucas Crispim), David e Wellington Paulista.

Fortaleza tem novidades para fazer seu primeiro jogo da temporada — Bruno Oliveira/FEC

Retrospecto

CRB e Fortaleza já se encontraram nos mais diversos campeonatos, tiveram confrontos pelas séries C, B e A. O jogo desta quarta é apenas o quinto na história da Copa do Nordeste.

No total, são 27 encontros: o Fortaleza venceu nove destes e o CRB não está muito longe, já que venceu sete. Os 11 jogos restantes da história acabaram em empates. O Leão foi responsável por fazer 36 gols no confronto. O Galo, um pouco menos, apenas 26.

Arbitragem

Quem vai ditar as regras do jogo é o árbitro Diego da Silva Castro (CBF/PI). Ele terá a assistência de Rogério de Oliveira Braga (CBF/PI) e Janystony Rabelo de Melo (CBF/PI). A função de quarto árbitro será preenchida por Raimundo Rodrigues de Oliveira Junior (CBF/CE).

Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: