Forças Armadas não respaldam aventura golpista, avalia general

Braga Netto ameaça golpe em meio a denúncias de militares pela CPI da Covid

Bolsonaro. Na prática, Bolsonaro lidera um governo com forte matiz militar ungido nas urnas

Na avaliação de um importante general da cúpula militar, não há hipótese de as Forças Armadas virem a embarcar em uma aventura golpista, mesmo com a mudança de comando que houve quando o general Braga Netto assumiu o Ministério da Defesa e foram trocados os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

Ainda que Braga Netto seja mais próximo e fiel a Jair Bolsonaro, ele não conseguiria apoio das Forças. Assim, avalia o general, as declarações do presidente no sentido de que não haveria eleição no ano que vem caso o Congresso não aprove a mudança do sistema eleitoral e adote o voto impresso são mais uma bravata dirigida à tropa bolsonarista mais fiel que um risco real de adoção de um caminho antidemocrático.

Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: