O Brasil na imprensa alemã (11/05)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou oficialmente sua candidatura para as eleições presidenciais do Brasil em outubro. Sua candidatura é um apelo a todos os democratas que querem reanimar o país, disse o político de 76 anos em São Paulo no sábado.

Lula durante anúncio de candidatura

Anúncio da candidatura de Lula e irritação de Bolsonaro com tuítes de Leonardo DiCaprio foram destaque nos jornais da Alemanha.

Die Tageszeitung: Lula desafia Bolsonaro (09/05)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou oficialmente sua candidatura para as eleições presidenciais do Brasil em outubro. Sua candidatura é um apelo a todos os democratas que querem reanimar o país, disse o político de 76 anos em São Paulo no sábado.

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin é o candidato a vice-presidente de Lula. […] Com Alckmin, Lula espera despertar o interesse de representantes da economia, que não pertencem aos eleitores tradicionais do partido de esquerda PT. Ele [Lula] acusa Bolsonaro de agir de forma irresponsável durante a pandemia de covid-19. O presidente é corresponsável pelos 660 mil mortos no Brasil, disse Lula. Além disso, seu governo levou milhões à pobreza devido à inflação e aos preços altos dos alimentos, acrescentou.

Durante o governo Lula, o Brasil experimentou um boom econômico. Ele tirou milhões da pobreza com programas sociais. Lula, no entanto, foi condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Ele sempre refutou as investigações como politicamente motivadas. O Supremo Tribunal Federal anulou as sentenças por razões processuais. Em 2019, Lula deixou a prisão. Na época, sua prisão abriu caminho para a eleição de Bolsonaro em 2018.

Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: