Putin se prepara para uma longa guerra, alertam EUA

Crédito: Deutsche Welle

Para chefe da inteligência dos EUA, guerra na Ucrânia não deve acabar com conquista de Donbass, no leste. Putin conta com queda no apoio ocidental a Kiev e só usaria arma nuclear se percebesse “ameaça existencial”, diz.

TNM/dw.com

A Inteligência dos Estados Unidos alertou nesta terça-feira (10/05) que o presidente russo, Vladimir Putin, está se preparando para uma longa guerra na Ucrânia e que uma eventual conquista da região de Donbass pela Rússia não deve encerrar o conflito.

Em audiência no Senado, a diretora da Inteligência Nacional dos EUA, Avril Haines, afirmou também que Moscou conta com uma diminuição do apoio ocidental a Kiev.

Segundo Haines, os objetivos estratégicos de Putin provavelmente não mudaram desde o início da invasão, apesar da retirada de tropas russas na região de Kiev e concentração no leste ucraniano, onde separatistas apoiados por Moscou enfrentam forças de segurança ucranianas há anos. Ela alertou que o líder russo pretende expandir o conflito para além da região de Donbass e que a guerra pode entrar numa fase mais imprevisível, volátil e sanguenta nos próximos meses.

“A natureza incerta da batalha, que está se transformando numa guerra de desgaste, combinada com a realidade de que Putin enfrenta um descompasso entre suas ambições e as atuais capacidades militares da Rússia, provavelmente significa que nos próximos meses poderá se avançar numa direção mais imprevisível e numa escalada da violência”, avaliou Haines.

Provided by Deutsche Welle

Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: