Dieta da melancia: o que é e é boa pra você?

A sua casca é rica em fibras solúveis, importante para a regulação do funcionamento intestinal. E as suas sementes são repletas de cálcio vegetal. 
Boa FormaBoa Forma

Nutrição e fertirrigação da melancia - Agro Insight

Já teve a dieta da sopa, dieta da lua, dieta do óleo de coco e, agora, chegou a vez da dieta de melancia. Será que comer melancia o dia todo, em todas as refeições, por vários dias é uma boa ideia? A seguir, descubra o que é a dieta da melancia e se ela é indicada para você.
TNM/Por Thieny Moltini

O QUE É A DIETA DA MELANCIA?

Benefícios da melancia: saiba como aproveitar o melhor da fruta no verão

Na realidade não existe um “protocolo” definido sobre “dieta da melancia”.

De acordo com Antonella Turci, nutricionista clínica funcional e integrativa, o que existe são estratégias alimentares, em que as pessoas priorizam o consumo de melancia em todos os horários de refeição por um determinado período de dias. Normalmente, de 3 a 7 dias.

“Os adeptos à essa estratégia acreditam na detoxificação do organismo”, comenta Antonella.

POR QUE MELANCIA? 

Melancia: A terceira fruta mais produzida no País | Revista Campo & Negócios

Não faltam bons motivos para adicionar a fruta à rotina alimentar.

Para começar, a melancia é composta por 92% de água e é rica em vitaminas A e C e minerais, como potássio, licopeno e outros antioxidantes. Além de ter baixo valor calórico.

Sua polpa é farta em L-citrulina, um aminoácido (nutriente que forma a proteína), e em licopeno. Esse último é responsável pela cor avermelhada da fruta e é um antioxidante que tem sido associado a um menor risco de câncer, diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares, segundo estudos recentes.

A sua casca é rica em fibras solúveis, importante para a regulação do funcionamento intestinal. E as suas sementes são repletas de cálcio vegetal.

Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: