Programa Alagoas Sem Fome doa 220 kg de alimentos a famílias atendidas pela Casa do Coraçãozinho

Para seguir combatendo a fome e a desnutrição da população mais carente do estado, o Governo de Alagoas realizou, nesta quarta-feira (27), mais uma doação de alimentos não perecíveis para uma instituição cadastrada no programa da Nota Fiscal Cidadã, da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), dentro das ações do Programa Alagoas Sem Fome.
 TNM/Assistência Social

Instituição beneficiada foi a Fundação Cardiovascular de Alagoas, cadastrada no programa da Nota Fiscal Cidadã


 TNM/Por Rodrigo Marinho / Ascom Secria / Carlos Victor Costa / Agência Alagoas

Para seguir combatendo a fome e a desnutrição da população mais carente do estado, o Governo de Alagoas realizou, nesta quarta-feira (27), mais uma doação de alimentos não perecíveis para uma instituição cadastrada no programa da Nota Fiscal Cidadã, da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), dentro das ações do Programa Alagoas Sem Fome.

A instituição beneficiada desta vez foi a Fundação Cardiovascular de Alagoas – Fundação Cordial, associação sem fins lucrativos que, em parceria com o Governo do Estado, desenvolve projetos no tratamento e diagnóstico do infarto agudo do miocárdio, bem como no acolhimento, diagnóstico, tratamento cirúrgico e clínico das cardiopatias congênitas de crianças e recém-nascidos em Alagoas, por meio da Casa do Coraçãozinho. Foram entregues 220 kg de alimentos que irão beneficiar 70 famílias que são acompanhadas pela instituição.

A entrega foi realizada pela coordenadora do Alagoas Sem Fome, a secretária de Estado da Primeira Infância, Paula Dantas. Ela reforçou a importância do programa que vem levando comida de qualidade para a mesa dos alagoanos que mais precisam. “A gente está com alguns pontos de arrecadação e um deles está no Estádio Rei Pelé, inclusive, eu deixo o convite hoje para quem puder ir ao jogo, vai estar à caixinha lá, vai ter ingresso solidário”.

Ela lembrou que o programa conta com caixas de arrecadação de alimentos não perecíveis em pontos estratégicos. Elas podem ser encontradas no corredor principal de acesso da loja Carajás Mangabeiras, no Parque Shopping, em frente à loja Tok&Stok, em um supermercado do Benedito Bentes e no estádio Rei Pelé.

“Além disso, a gente está com a projeção também de colocar mais pontos de arrecadação no Maceió Shopping, dentro do Centro de Convenções e em outros supermercados como o Unicompras e o Palato. A gente acredita que até o final do ano vão ter uns 20 pontos de arrecadação em toda a cidade de Maceió. Além disso, a gente está conseguindo esses alimentos com a parceria público-privada”, pontuou.

A secretária ressaltou a importância das parcerias que o Governo do Estado vem conseguindo para combater a fome no estado. “A gente já assinou um termo de cooperação com o Celebration Entretenimento e, partir de agora, em todos os eventos feitos por eles vão ter ingressos solidários e caixas de arrecadação. Também fechamos com o ProRock, uma empresa de eventos de rock, que também vai seguir da mesma forma. Ontem mesmo assinamos com o Daniel Aragão, da Dream Eventos, que faz eventos de cosméticos e moda. E além disso, estamos fechando com alguns empresários. A gente fechou com a Solares para a doação de uma tonelada de alimentos, e vamos fechar com a Verdes Mares na semana que vem para mais uma tonelada de alimentos”.

“Hoje fizemos reunião para ter uma parceria na produção de hortas urbanas aqui em Maceió. E essas autorizações vão permitir que até o final do ano a gente consiga ter pelo menos uma doação fixa de cinco a 10 toneladas por mês. A gente acredita que até o final do ano consiga tudo isso, o que vai permitir beneficiarmos 76 instituições da Nota Fiscal Cidadã”, acrescentou a secretária.

Para o presidente da Fundação Cordial, Cláudio Soriano, é uma satisfação receber mais esse apoio do Governo de Alagoas, por meio dessa parceria com a Secretaria da Primeira Infância.

“Agradeço a atenção da secretária Paula Dantas, que veio aqui nos visitar e trazer essa primeira remessa. Os alimentos já foram entregues às famílias que estavam aqui sendo acompanhadas no nosso ambulatório. Essa parceria do projeto Coraçãozinho existe graças ao apoio e à sensibilidade do Governo do Estado para que ele de fato acontecesse e continue a acontecer por muito mais tempo”.

Os pais da pequena Ana Sofia, de 3 anos, que estava sendo acompanhada pela primeira vez na Casa do Coraçãozinho, destacaram o acolhimento da instituição e agradeceram pela cesta de alimentos que receberam do Alagoas Sem Fome. “Hoje foi um dia de bênçãos. Viemos de Arapiraca para trazer nossa filha pela primeira vez aqui na Casa do Coraçãozinho e ainda fomos agraciados com essa doação, que é muito bem vinda”, disseram José Adriano e Rosilene.

Veja também: