Torre Eiffel volta a receber turistas após três meses fechada por Covid-19

O novo coronavírus interrompeu o funcionamento da atração, localizada na cidade de Paris, na França, pelo maior período desde a 2ª Guerra Mundial. O cartão-postal parisiense foi inaugurado em 31 de março de 1889.

© Pixabay/Veja SP
A Torre Eiffel voltou a receber visitantes nesta quinta-feira (25) após ficar três meses fechadas para ajudar no combate à pandemia da Covid-19.

TNM/Tatiane Rosset

O novo coronavírus interrompeu o funcionamento da atração, localizada na cidade de Paris, na França, pelo maior período desde a 2ª Guerra Mundial. O cartão-postal parisiense foi inaugurado em 31 de março de 1889.
Medidas rigorosas de higiene e segurança foram adotadas para permitir a reabertura. Assim, os visitantes podem acessar a torre de 324 metros de altura usando apenas as escadas até o início de julho — os elevadores da atração estão fechados por precauções sanitárias.

Ou seja, para visitar o monumento, será preciso encarar quase 700 degraus. Os turistas também não poderão ir além do segundo andar da Torre Eiffel, e qualquer pessoa com mais de 11 anos é obrigada a usar uma cobertura facial durante a visita.

Os administradores do monumento esperam retomar totalmente as operações até o final do verão, ou seja, até meados de setembro. Nesta quinta-feira (25), a reabertura do local contou com a presença de cerca de 50 pessoas. A administração da Torre Eiffel esperava que uma multidão maior marcasse presença na cerimônia de reabertura.

No entanto, restrições de voos não europeus para a França ainda impedem que os números de turistas cresçam na capital.
Continua após a publicidade
+ Assine a Vejinha a partir de 6,90
A Torre Eiffel foi fechada pela administração no dia 13 de março, cinco dias antes da quarentena imposta pelo governo francês para conter os avanços do novo coronavírus.

Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: