Alagoas avança para a fase amarela e amplia horário de funcionamento de estabelecimentos

“É muito importante que quem tomou a primeira dose, tome a segunda. Quando a gente toma a primeira dose a gente tem um nível de imunização garantida, mas só a segunda dose prepara o organismo para estar ainda mais resistente ao contato com o vírus. E quem não tomou a vacina, tome vacina! A gente precisa evitar a propagação do vírus e uma possibilidade de terceira onda, além de evitar mais mortes”, afirmou Renan Filho.

Governo incinera quase duas toneladas de drogas em Alagoas

O governador e o secretário de segurança pública falaram sobre o assunto. TV Pajuçara – Record TV Acesse: http://tnh1.com.br http://paj
“A incineração é o caminho depois da apreensão. O estado é obrigado, legalmente, a fazer a incineração das drogas. Daqui essa droga sairá e irá até à Usina Sumaúma, na cidade de Marechal Deodoro, onde será 100% incinerada”, informou o governador.

Senador assume o governo e deixa Bolsonaro no cercadinho, encurralado

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) assumirá a presidência da República, de fato, quando ocupar a chefia do Gabinete Civil. O presidente Jair Bolsonaro comunicou nesta quarta-feira, 21, a mini-reforma ministerial, para fazer a mudança no Gabinete Civil e recriar o Ministério do Trabalho, e assim atender mais uma reivindicação do centrão.

“Paulo Guedes não tem mais influência alguma”, diz Rodrigo Maia

Ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia flana com maior liberdade sobre os assuntos que lhe cabem. Quando atrelado à cadeira de mandatário e com o compromisso declarado de ajudar o governo em sua pauta econômica, cujo peso institucional não lhe permitia divagar com sinceridade sobre a gestão do presidente Jair Bolsonaro e de seu ministro da Economia, Paulo Guedes, o deputado segurava-se para não dizer o que, realmente, interpretava sobre a conjuntura política.

Senador assume o governo e deixa Bolsonaro no cercadinho, encurralado

Mas, essas mudanças nada tem a ver com a eficiência da máquina administrativa; na verdade, as mudanças servem para o presidente atender as exigências do centrão, e assim impedir a aprovação do impeachment, que tem 120 pedidos engavetados pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), espécie de lugar-tenente de Ciro Nogueira.