Parlamentares estudam proposta para reduzir salários de servidores, juízes e políticos

O impacto econômico da pandemia de coronavírus será devastador e a ficha parece ter caído entre os políticos, tanto que partidos com representação no Congresso Nacional já começam a estudar uma proposta audaciosa de reduzir salários do alto escalão do funcionalismo público

Congresso Nacional analisará vetos presidenciais nesta terça-feira
Medida deve atingir o alto escalão do funcionalismo público, incluindo carreiras privilegiadas

Foto: Arquivo Agência Câmara

TNM/André Brito

O impacto econômico da pandemia de coronavírus será devastador e a ficha parece ter caído entre os políticos, tanto que partidos com representação no Congresso Nacional já começam a estudar uma proposta audaciosa de reduzir salários do alto escalão do funcionalismo público: os próprios parlamentares, juízes e servidores de carreiras privilegiadas como na Receita Federal.

O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) explicou a ideia como uma redução gradual, de acordo com os vencimentos dos servidores.

Quem ganha até cerca de R$ 5 mil não teria nenhum corte, quem ganha até cerca de R$ 10 mil teria 10% de redução e quem ganha acima desse valor seria entre 20% e 25%.

A ideia, também foi confirmada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é que o projeto tramite em conjunto com as iniciativas do governo federal.

Apesar de não haver dúvida sobre a falta de recursos para o enfrentamento da crise e a significativa diferença que esse dinheiro fará no combate ao coronavírus e os efeitos posteriores na economia, está fora de cogitação incluir quem está na linha de frente na proposta de redução salarial.

Assim, médicos, enfermeiros, policiais, bombeiros e outras profissões devem ficar de fora.

Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja também: