15 ago, 2017
Maia diz que ‘hoje’ não há votos para aprovar a reforma da Previdência

PLENARIO1 BSB DF 22 11 2016 NACIONAL RODRIGO MAIA/ONYX O relator do projeto que estabelece as dez medidas contra a corrup‹o na C‰mara, deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), conversa com o peresidente da Camara dos Deputtados, Rodrigo Maia, no plenrio da Camara. .FOTO DIDA SAMPAIO/ESTADAO

Afirmação foi feita após reunião com ministros da Fazenda e do Planejamento sobre a situação situação fiscal do país

TMN/Por G1, Brasília   
FOTO: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Rodrigo Maia dá entrevista após reunião sobre meta fiscal

Na manhã desta terça-feira (15), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o governo não possui “hoje” os votos mínimos para aprovar a reforma da Previdência no plenário.

Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição, a reforma precisa de 308 votos dos 513 deputados para ser aprovada.

As mudanças nas regras previdenciárias são uma das principais medidas defendidas pelo governo para tentar conter o rombo nas contas públicas. No entanto, o texto, fortemente criticado pela oposição, encontra resistência até na própria base de Michel Temer.

Maia falou sobre o assunto com jornalistas após reunião com os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, além de deputados líderes de bancada na Câmara.

De acordo com Maia, o encontro foi sobre “toda a situação fiscal do estado brasileiro”. Ele disse ainda que, no cenário de crise, a única solução definitiva seria a reforma da Previdência.

“A mais estruturante, a mais definitiva, aliás a única [solução] definitiva é a reforma da Previdência, que hoje nós não temos voto para aprová-la, e eu estou deixando bem claro isso entre os líderes”, disse Maia.

O presidente da Câmara também afirmou que o trabalho para conseguir os votos necessários vai exigir mais tempo de negociações.

“Para mim, o ideal era que a gente conseguisse aprovar a reforma da Previdência hoje. Mas essa maioria não será construída hoje”, afirmou.

Leave a comment

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>