Muro irregular ameaça cair e obriga 25 famílias a deixar as casas em Chã de Bebedouro

Defesa Civil Maceió TNM/TNH1 com Secom Maceió Uma construção irregular na Chã de Bebedouro obrigou 25 famílias de Maceió a deixarem suas casas na tarde desta sexta-feira (16), após o muro de contenção do local rachar devido ao acumulado de chuva dos últimos dias. Equipes da Defesa Civil de Maceió, da Secretaria de Desenvolvimento Territorial […]

Humberto Martins é cotado para vaga de Marco Aurélio Mello no STF

Humberto Martins, presidente do SJO alagoano Humberto Martins, atual presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), é um dos nomes cotados para assumir a vaga do ministro Marco Aurélio Mello no Supremo Tribunal Federal (STF), de acordo com a jornalista Mônica Bergamo, colunista do jornal Folha de S.Paulo.

Senador Renan deverá ser o relator da CPI, na primeira derrota do governo

Três vezes presidente do Senado, ex-ministro da Justiça, o senador alagoano é apontado como uma das “cabeças” do Senado, legítimo herdeiro de uma casa onde reinou o ex-presidente José Sarney. Aliás, diz-se no Senado que Renan era o filho que o Sarney queria ter, para deixar como herdeiro político.

Bolsonaro no banco dos réus

Bolsonaro achou que tinha conseguido se blindar ao patrocinar a eleição da atual direção do Congresso. Para ele, o escandaloso balcão de negócios com emendas e cargos que bancou no Legislativo afastaria a ameaça de impeachment pelos crimes de responsabilidade em série que cometeu. Era uma ilusão. Menos de dois meses depois, vive um choque de realidade.

MDB ameaça romper acordo com governistas para presidência da CPI se Renan não for relator

Os senadores independentes e de oposição – que são maioria no colegiado – já haviam feito um acerto que previa Aziz na presidência da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP) na vice-presidência e Renan como relator. A tropa de choque do Planalto, no entanto, trabalha para pôr na relatoria o senador Marcos Rogério (DEM-RO), aliado do presidente Jair Bolsonaro.

Só Deus me tira da cadeira presidencial, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira que só Deus pode retirá-lo da cadeira presidencial e afirmou haver algo de “muito errado” no Brasil, ao comentar decisão da ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), que deu 5 dias para o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), explicar o motivo de não ter analisado pedidos de impeachment contra o chefe do Executivo.