12 mai, 2018
Saiba um pouco das maravilhas da espiritualidade: “qual é a composição do espírito?”.

ascensao277O neurologista Alexandre Castro Caldas conduz uma visita guiada ao cérebro e à matéria de que é feito …

 

Acabei de ver um programa no National Geographic sobre a Penitenciária de Eastern State (Pensilvânia), conhecida por ser o local onde se têm registado o maior número de avistamentos de “fantasmas” nos EUA.

Normalmente não me interesso por este tipo de programas que me parecem mais charlatania científica do que um estudo sério, no entanto este programa pareceu-me bastante honesto a esse nível, com intervenientes crentes e não crentes na existência de espíritos, que apenas queriam testar as suas teorias sobre o assunto sem interferir com as crenças de ninguém.

Sem ser algo demasiado evoluído ou que aporte avanços morais, acredito não ser um programa fútil.
Uma questão em particular suscitou a minha curiosidade, “qual é a composição do espírito?”. Um investigador de que não recordo o nome, aceitando que se os espiritos existem têm de ter algum tipo de matéria e como tal composição molecular. Nesse sentido e porque são capazes de atravessar a matéria (paredes por exemplo), os seus atomos não podem ter electrões, pois a sua carga eléctrica repudia a matéria não permitindo atravessá-la (exemplo: a nossa mão ao embater na parede não a atravessa). Então, os “fantasmas” devem ou podem, ainda segundo o investigador, serem constituídos por neutrinos, uma particula sub-atómica sem carga eléctrica e que atravessa a matéria (exemplo os raios solares).

Alguém me pode dizer se esta teoria pode ter alguma veracidade à luz das comunicações espiritas ou dar mais explicações sobre a constituição dos espirito e do peri-espirito.
Obrigado

Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/o-livro-dos-mediuns/de-que-e-composto-o-espirito/?PHPSESSID=s6qj77oimnse98rop9sc292bu0#ixzz5FIrCuUIA

Leave a comment

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>