Cortesia Ab4a5ff8 b9dc 45bc 84b8 eeaf5ca300a5.jpeg?ixlib=rails 2.1 Moradores bloquearam a via com pneus

 

 

 

 

 

 

Com o protesto, a Avenida Cachoeira do Meirim, na entrada do bairro do Benedito Bentes, foi bloqueada, deixando o trânsito lento na região.

A presidente da Associação dos Moradores do Loteamento Pouso da Garça I, Helena Maria dos Santos, disse que é um reinvidicação antiga. “Há 20 anos estamos reinvidicando isso. Ao redor tudo está calçado, menos o nosso conjunto. Já falamos diversas vezes com o Município e nada. Queremos a pavimentação das ruas, quadra de esportes, praça, semáforo que está quebrado há meses, faixa de pedestre. Estamos reinvidicando logo tudo”.

Os manifestantes bloquearam a pista ateando fogo em pneus e seguraram faixas pedindo melhorias para o loteamento. Confira no vídeo abaixo:

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) informou que a região precisa de obras maiores de drenagem, antes da pavimentação, e que está aguardando o término das obras do Governo do Estado na Av. Cachoeira do Meirim para realizar avaliações. Além disso, a Seminfra informou que será realizada uma reunião entre os gestores do órgão e os líderes da manifestação para ouvir e avaliar as reinvidicações.

Confira a nota na íntegra:

Sobre o protesto reivindicando pavimentação para os Conjuntos Pouso da Garça e Stela Rosa, no Benedito Bentes, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) informa que a região apresenta as ruas com alta declividade, necessitando de obras maiores de drenagem, antes da pavimentação. O órgão aguarda a finalização de obras do Governo do Estado na Avenida Cachoeira do Meirim para avaliação técnica do destino das águas e elaboração de projetos de infraestrutura para as vias do Conjunto. Representantes da Seminfra estão em contato com o Gerenciamento de Crise da Polícia Militar para intermediar uma reunião entre os gestores do órgão e os líderes da manifestação com a finalidade de ouvir e avaliar as reivindicações dos moradores.